Sabemos Casar na Praia é o Sonho de muitas noivas, o cenário geralmente é lindo e paradisíaco. Mas e ai? Quais são os cuidados que você deve ter ao escolher esse local?

 1 – A escolha do dia e horário: Importante saber como o mar, temperatura e posição do sol estão na época do seu casamento, para escolher o melhor horário para realização do Seu Sonho. Uma dica: Caso não tenha intimidade com o local, converse com pessoas da região e procure saber.

2- Atenção ao Plano B: Muitos casais, principalmente os que estão pensando em realizar um mini wedding, procuram por restaurantes e pousadas na praia. Esses locais, geralmente oferecem Quiosques ou espaços com telhados de palha, bambu ou materiais semelhantes Verifique se o Plano B oferecido, se o local faz manutenção nesses telhados. O revestimento interno deve estar em perfeitas condições, pois com materiais tão frágeis, em caso de chuva forte esse telhado pode estar inteiro furado, e o que parecia ser uma vantagem pode se tornar um problema sério a todos.

 3 – Verifique à tábua de marés: Enquanto muitas noivas se preocupam com a chuva, muitas deixam de se preocupar com a maré. Embora existam muitos meios de pesquisas para saber a previsão, nem sempre podemos contar com surpresas. Sugiro que a noiva também tenha um plano B caso a maré suba. Também ver a posição do sol (para que não fique no rosto), do vento e do calor (neste caso, leques e garrafinhas de água ajudam bastante, além de serem um mimo). E não esquecer de repelente, claro!

4 – Não fique tão encanada com o tempo: É fato que a probabilidade de chover é proporcional ao tanto que os noivos se preocupam! Normalmente no litoral a temperatura é mais amena e uma garoa pode deixar suas fotos lindas e não tirar a magia de casar na praia! Foque no resto!.

5 – Verifique se é necessário licença ou autorização para casar na praia. Caso a cerimônia seja pé na areia de fato, a parte legal, que diz respeito a autorizações, licenças e normas ambientais é uma questão muito importante. Verifique se a área é de propriedade particular ou pública. Se for uma área pública, você precisará, de imediato, de licença ou autorização para realizar a cerimônia.

6 – Marque cabelo e maquiagem com muita, mas muita antecedência! O pôr do sol não espera retoques finais e você pronta antes pode render fotos lindas com a luz do dia enquanto você aguarda o início da celebração.

7 – Esteja aberta para um ambiente diversificado e imprevistos: Pensando em Destination Wedding na praia ou no exterior, os noivos devem estar psicologicamente preparados para um dia diferente, com novas propostas, um ambiente diversificado e imprevistos. Fazer um evento num local à distância e com outra diversidade cultural pode trazer variáveis no dia do evento do qual não teremos nossos fornecedores por lá para remediar.

8 – Organize um roteiro para o fim de semana de atividades. Nesse roteiro podemos incluir um welcome drink na recepção dos convidados, um jantar informal em uma pizzaria ou um luau com uma decoração temática na véspera do casamento, atividades recreativas como uma partida de futebol entre os padrinhos ou um jogo de vôlei entre as famílias também pode ser divertido. Para finalizar, um brunch no domingo, no próprio local aonde foi realizado o casamento. Esse tipo de programação ajuda as famílias dos noivos a se socializarem e ambientar os amigos, para que fiquem mais a vontade durante o casamento..

9 – Fazer a festa em hotel: O hotel geralmente possui estrutura para abrigar os convidados, é essencial que se feche o hotel todo para o evento para não correr o risco de ter outros hóspedes que não os convidados. Se a noiva tem 250 convidados, certamente é possível fechar um hotel com 90 apartamentos, pois quase todos os convidados conseguem se hospedar no local. Fica mais concentrado.

10 – Hospedagem dos convidados no hotel do evento: “Os noivos precisam estar atentos a quem desejam hospedar no hotel em que será realizado o evento. Haverá montagem de estruturas e isso pode atrapalhar o uso da área de lazer do hotel, restando apenas a praia para lazer. Caso ocorra montagem de tablado na faixa de areia, os hóspedes deverão utilizar a faixa de areia ao lado! Sendo assim, aconselho sempre os noivos a hospedarem no hotel a “turma da bagunça” que não dará importância a estar em um hotel sem área de lazer e hospedar pais e familiares mais próximos em um hotel próximo 

11 – Atenção para as questões ambientais. É importante dar atenção às questões ambientais, como áreas de desova de tartarugas, muito comuns nas praias do Nordeste, o que faz com que não seja permitido o uso de iluminação voltada para o mar, por exemplo. Assim, a cerimônia não pode ter atrasos, pois corre o risco de acontecer no escuro total! O cuidado com o descarte de resíduos também é muito importante! Todos os fornecedores devem ser mobilizados a abraçar a causa e zelar pela preservação do local.

12 – Pense na sonorização: Por se tratar de um local com vento, barulho de mar  e aves (gaivotas principalmente), aconselha-se que para a cerimônia haja sonorização (microfone e caixas acústicas) para que os convidados possam ouvir a troca de votos. Dessa forma não corre o risco de ninguém ouvir nada e a filmagem do evento pode captar o áudio completo e fazer uma linda edição.

13 – Acrescente dicas de sugestão de trajes em seu site!  Muitos convidados não sabem o que usar em casamentos na praia e se os noivos falam o que esperam, fica mais fácil para todos e ninguém estará muito destoante dos demais.

14 – Deixe o Pôr do Sol para as fotos após a cerimônia: Para que as fotos tenham um efeito legal, é bom que cerimônia termine 1 hora antes do pôr do sol, pois logo após a cerimônia é possível levar os noivos e padrinhos para a praia para fazer fotos. Quando os noivos escolhem o pôr do sol durante a cerimônia, as fotos do casal e família ficam no escurecer.

15 – Tenha sempre um salva vidas e um serviço de emergência médica no local da festa. Em casamentos na praia a animação dos convidados é sempre um grande destaque! Muitos deles se empolgam e decidem finalizar a noite com “um mergulho no mar ou piscina”. O problema é que bebida e mar (ou piscina) não combinam e ninguém quer que o dia do casamento seja marcado por um incidente envolvendo um convidado querido. Além disso, os espaços em que ocorrem casamentos de praia normalmente ficam longe dos grandes centros e o atendimento de ambulância tende a demorar muito, por isso, ter uma UTI móvel a disposição pode fazer toda diferença.

Raul Costa

21-99855.1001

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui