Por Samantha Caride Teixeira Taranto

Acredito que sabia que me casaria lá atrás, quando nos conhecemos. Quando nossa aventura começou a ser construída há 7 anos. Começamos a sair, depois veio o namoro looongo até, finalmente, o casamento. Foram 6 meses de planejamento até o grande dia.

Muitos me falavam “você é maluca e m querer se casar em 6 meses…não dá tempo, ainda mais você morando em outra cidade, como você vai organizar isso tudo?! Dá sim, inclusive tempo suficiente para elaborar um super casamento!

Já tínhamos uma reserva financeira pensando em uma “eventualidade” e essa eventualidade foi o casamento.

Quando anunciamos às nossas famílias sobre decisão, minha mãe, prontamente,  se colocou a nossa inteira disposição para nos ajudar na organização do evento, porque posso chamar o casamento de um grande evento, com diversos fornecedores e muitos convidados

Ela foi meu braço direito e esquerdo e correu com tudo. Eu por morar em outra cidade, tinha que me organizar por “blocos de decisões”. Diversas viagens foram feitas e muitos km rodados. As viagens se resumiam em visitar e fechar o local da festa, a outra para visitar e degustar buffet, a outra para escolher o fotógrafo, dj e assim por diante, até que todos os fornecedores fossem escolhidos e contratados.

Normalmente quem pensa em tudo na organização do casamento são as mulheres, e comigo não foi diferente. Comecei a levantar os primeiros profissionais mais importantes para que esse sonho tivesse início. Junto com eles, o levantamento dos orçamentos para saber se os custos caberiam no nosso bolso, mas, no meio do caminho as frustações e surpresas.

Sempre pensei que quando me casasse, com certeza teria uma banda maravilhosa tocando a noite toda, e que eu faria a cerimônia e a festa em um local aberto, em meio à natureza, no pôr do sol…Quando as coisas começam a tomar forma e os custos vão chegando, às vezes temos que repensar nossos desejos. A banda era caríssima, não tinha verba para isso. O local aberto com pôr do sol, não consegui encontrar nenhum da forma como eu gostaria e no preço que eu poderia pagar…então a estratégia foi contratar um DJ que fizesse inclusive o som da cerimônia em um salão fechado, à noite. Claro que eu gostaria de ter a banda que sempre imaginei, mas confesso que o DJ foi tão bom que depois nem lembrei mais da banda. O salão quando fui visitá-lo, foi amor à primeira vista. Me senti no local ideal, perfeito para o que eu imaginava- embora bem diferente de um local no meio do verde- mas o salão tinha um espaço aberto para a cerimônia que era incrível! Por fim, achei o máximo, pois ninguém teve que atolar o salto na grama, na lama ou levar picadas de pernilongos!!

Essas escolhas são muito pessoais e acredito que estão embasadas no “feeling” ou no simples “se sentir bem” quando entramos em algum lugar ou estamos com alguém. Isso foi meu norte para as minhas escolhas, e digo que não me arrependo de nenhuma.

Aliás, a sinergia e empatia com os profissionais são essenciais. Quando contratei meu cerimonialista (o primeiro profissional contratado) fizemos uma call pelo whatsapp, pois eu morava em outra cidade e não tinha como conhecê-lo antes. E foi assim, uma conversa gostosa, descontraída, com algumas experiências parecidas e gostos parecidos. Pronto, estava fechada a parceria!

Mas nem tudo são flores…estava inclinada a fechar a decoração com uma profissional bem requisitada, no entanto aquela coisinha da empatia não vingou…profissional complicada, não gostava de refazer orçamentos, sem tato para relacionamento…não hesite e troquei pela que já havia gostado desde o início, porém, com valor superior… Mas como uma boa profissional que é e muito esperta, não deixaria passar um noiva assim de bandeja…e então fechamos também a nossa parceria.

Com todos os profissionais contratados, a tranquilidade bate! Claro que até fechar tudo é uma maratona de troca de e-mails, reuniões, ajustes e até que enfim, o evento toma forma

Nesse momento é hora de ser noiva e pensar só em você! Pensar no vestido, no penteado, na make, no dia da noiva, no sapato…é uma loucura gostosa e que passa muito rápido, então aproveite todo instante desse momento.

Darei agora, 10 dicas para você, noiva ou admiradora desse mundo cor de rosa curtir o pré, durante e pós evento com mais tranquilidade.

  • Tenha afinidade e segurança com os profissionais que você irá contratar. Claro que preços são importantíssimos, mas não olhe somente para isso.
  • Coloque seus desejos e gostos todos ali, a festa é SUA! Sem medo se ficará bom ou ruim. O cerimonialista te colocará de volta à terra se você viajar demais!
  • Não tenha medo de dizer NÃO aqueles que você não quer em seu casamento. Casar custa caro e você paga por pessoa. Não é junto pagar para alguém que você não queira. Use o lema do Neymar! “Convidado não convida”
  • Chame amigos amimados, aqueles que gritam “toca Raul”, que te chamam pelo apelido mais horroroso possível, que não tem vergonha de descer até o chão…esses farão a festa ser mais divertida e não vão embora cedo.
  • Tire menos fotos e curta mais a festa, por favor!
  • Nunca vá ao banheiro sozinha, é impossível. Carregamos muitos panos para nos aventurarmos sozinhas em uma cabinezinha de banheiro…vá por mim!
  • Aproveite o dia da noiva. Se for tomar banho de banheira para relaxar, relaxe mesmo! Você é a pessoa mais importante desse dia e merece todo “paparico”.
  • Reserve sempre um dinheirinho para depois da festa caso tenha que pagar pelas quebras de copos e perdas de guardanapos (convidados levam o guardanapo embora cheio de doces).
  • Coma um pouquinho antes de entrar na festa para te dar energia. Reserve isso com o buffet. Por mais que você faça a abertura do jantar, aquele petisco antes te manterá com energia, porque a maioria dos noivos não comem nada mesmo durante a festa!
  • Peça para o seu noivo fazer a gravata. Junte os amigos mais caras de pau e saiam pelo salão. Isso lhe renderá, com certeza, a sua viagem de lua de mel!!

 

Samantha Caride Teixeira Taranto e Marcelo Taranto casaram-se em 03 de março de 2018, em Araraquara.

Fotos: Danilo Rondina. Conheça o trabalho de Danilo Rondina aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui