Já está na hora de você escolher o menu do casamento? Se ainda já está esse artigo vai te abrir um mundo de possibilidades, se ainda não está, fique tranquila, porque ele vai chegar e você vai precisar sim, dessas dicas.

Então continue lendo, pois tem dicas incríveis para você e seu noivo para a degustação de menu.

Estamos falando de diversos menus e não somente do buffet. Quer ver?

Petiscos para o coquetel, bebidas, drinks, pratos principais, acompanhamentos, ilhas temáticas, doces, chocolates, bem-casasados … wowww

É tanta coisa que só de falar já dá para ficar perdida. Mas calma, vou te ajudar, e dar dicas para a degustação do menu do casamento.

Vamos lá? Então peguem os caderninhos porque essas sugestões você têm que anotar!

** O ideal é visitar as opções de bufês em dias diferentes;

** Verificar a qualidade do sabor e da apresentação é extremamente importante para oferecer a máxima qualidade aos convidados. Fique atenta a esses itens no dia da degustação!

** O casal deve provar o máximo de itens só assim poderá escolher as melhores opções disponíveis.

** Prove os pratos na ordem em que eles serão servidos no casamento! Todo menu tem uma lógica de combinações de sabores que pode ser quebrada se você comer os pratos em ordens diferentes.

** De olho na estação! Para as noiva que vão casar no verão o interessante é apostar em pratos refrescantes e leves para não causar desconfortos aos convidados. Já para o inverno a dica são pratos quentes como carnes e massas;

** Variedade, essa é a palavra de ordem! Busque criar um cardápio diversificado para agradar a todos os paladares, mas que sempre se identifique com a personalidade do casal.

** Atenção nas louças e talheres! É importante checar a aparência desses itens, pois eles interferem até na decoração da festa.

** Que tipo de serviço escolher? O jantar empratado, onde os convidados são servidos na mesa com pratos que já vem montados da cozinha é indicado para festas menores (com até 150 convidados), mas atenção ao número de garçons para a comida não chegar fria as mesas. Já para festas maiores o mais indicado é o americano, onde os convidados são servidos em ilhas do bufê, isso também garante mais liberdade e as pessoas podem comer no horário que desejarem;

** Fique de olho nas quantidades! Elas são uma prévia do casamento, a atenção nesse item garante se os convidados serão bem servidos.

** O número de garçons ideal! Isso vai variar de acordo com o tipo de serviço escolhido, mas é importante manter a proporção de pelo menos um garçom para cada dez convidados para garantir que todos sejam bem servidos;

** Não deixe de perguntar! Se há itens que podem ser trocados no cardápio e quais os custos, assim você poderá deixar o menu mais com a sua cara;

** Prato coringa! A massa é sempre uma carta na manga que agrada a maioria dos convidados, dá para explorar diversas opções de molhos para deixar ainda mais gostoso.

** Atenção ao seu público! Para escolher o serviço ideal para seu casamento é importante saber qual é o perfil dos seus convidados se eles são mais formais e preferem ficar sentados em um serviço empratado ou preferem cair na pista de dança e comer só quando tiver vontade em ilhas de bufê;

** Não existe pratos que são proibidos a ideia é mesmo apostar na variedade para agradar à todos;

** Cuidado com os cardápios típicos! Para os noivos que querem menu diferentes como o árabe, japonês, tailandês ou indiano é importante oferecer também outras opções, pois nem todos os convidados podem gostar das iguarias.

**  O número ideal de pratos! Em um jantar seis opções são o suficiente para garantir a diversidade e agradar aos diferentes gostos e, ao mesmo tempo, não tornar o menu confuso com pratos demais;

** Atenda a particularidade do seu casamento! Cada evento tem suas particularidades que interferem até na ordem em que os pratos devem ser servidos. Por exemplo: tem casamentos que os famosos salgados fritos são oferecidos aos convidados do meio para final da festa, já em outros é logo no começo. É importante atender as suas necessidades, não há uma regra.

** Aproveite as amostras! Muitos fornecedores de doces entregam caixinhas com provas para os noivos degustarem em casa, você pode reunir várias;

** Promova uma degustação de bebidas a cegas! Para não ser influenciada pela marca e escolher pela qualidade você pode aproveitar o almoço de família, vendar todo mundo, fazer eles provarem os espumantes “concorrentes” e dizer qual é o melhor.

** Coma com os olhos! Comida bonita faz toda a diferença por isso é importante prestar muita atenção a apresentação;

** Vá sempre acompanhada! Principalmente na degustação dos doces, pois são muitos e se você comer inteiro não conseguir comer mais do que cinco, porque fica muito enjoativo;

** Fotografe tudo e faça anotações! São tantas coisas para provar que quando terminar a degustação é impossível lembrar de tudo que comeu;

** Não se preocupe só em agradar! Não necessariamente a comida mais sofisticada é a mais gostosa, é importante que os noivos gostem do que será servido. Não faz sentido querer impressionar os convidados com comidas que o próprio casal não gosta.

** Observe a apresentação pessoal das pessoas que estão servindo, eles refletem a limpeza da cozinha.

**  A apresentação na degustação deve ser igual ao do evento para não ter surpresas. Pedir para ver as louças e material que será usado no dia.

** Tente provar um pouco de cada prato, mas lembre-se todo cuidado é pouco para não engordar nas degustações de casamento.

Bom, agora tenho certeza que você está preparada para encarar esse desafio, que é delicioso, mas delicado e importantíssimo para o sucesso de seu casamento.

Para conhecer mais meu trabalho, clique aqui e fale diretamente comigo.

Será um prazer ajuda-la na organização do Grande Dia.

Um abraço

Raul Costa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui